Deserto do Atacama – Vale de La Luna e Vale de La Muerte

Outro passeio incrível que fizemos no Atacama foi o do Vale de La Luna e o Vale de La Muerte! São várias paradas.

O Vale da Lua fica localizado no meio da Cordilheira de Sal e faz parte da Reserva Nacional de Los Flamencos, a uma altitude média de 2.250 metros.
Este santuário da natureza é formado por uma depressão de estranhas formações geológicas que são o resultado de dobras sucessivas da crosta terrestre, que adicionou à ação do vento, do sal e da falta de umidade cenários lindos de viver.

Chegamos até o Vale da Lua através de uma caverna de sal, e a escalamos até o topo da cordilheira! Foi muito legal, mas para quem tem claustrofobia é difícil! Teve gente que desistiu! A vista que nos aguardava era incrível!

Vimos a Pedra do Coyote, lembram do desenho do Papa Léguas? Então, esta padra parece a pedra que o Coyote usava para encurralar o Papa Léguas e sempre se dava mal! O vento estava muito forte, porque tinha acabado de chegar uma mini tempestade de vento. A vista é linda!

Vimos as esculturas de pedra Três Marias, que agora são 2 Marias e meia, porque um zézinho resolveu subir na escultura para tirar foto e quebrou uma delas! Tem também uma outra escultura que fica a gosto do freguês decidir com o que ela se parece!

Nosso passeio terminou no Vale de La Muerte ou Vale de Marte! Vimos o por do Sol com um coquetel delicioso e vinho! Foi muito lindo. E ainda tivemos a presença de um cachorro fofo que estava por lá!

Fizemos todos os passeios com a Araya Atacama e foi ótimo! Nossa guia, a Thalia, superou nossas expectativas! Ela passa tudo que sabe com o coração, coisa de quem faz o que ama, sabe?

Tentei fazer um vídeo, mostrando um pouco mais dessa beleza toda! Espero que gostem.

Bjos